MP pede sequestro de bens de RC, Cida, Estela, e mais 27 denunciados na Operação Calvário

Spread the love

No último dia 13 de janeiro,  o Ministério Público da Paraíba, através do Grupo de Atuação Especial de Combate Contra o Crime Organizado (Gaeco) encaminhou ao desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça, um pedido para que sejam sequestrados os bens do ex-governador Ricardo Coutinho, das deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra e de mais 27  denunciados na investigação que apura desvio de R$ 134 milhões em verbas da Saúde e Educação.

O Ministério Público diz, no pedido, que  “a organização criminosa, sobressaiu-se, aqui, no contexto da realidade local, a busca (a todo custo, seja com manobras de infração ou emprego de força de intimidação) pelo poder e por dinheiro, em voracidade jamais vivenciada; esse último desiderato, diga-se, massificado por propinas pagas por diversos agentes econômicos e operadores, com destaque para DANIEL GOMES DA SILVA, colaborador que manietava as estruturas da CVB/RS e IPCEP, transformando-os em verdadeiros ventrículos (sob a capa de organizações sociais) para permitir a penetração e aproximação entre os diversos núcleos da sociedade delitiva”. O sequestro de bens é justificado pela necessidade de que “o dano (material ou moral) ocasionado por eles seja reparado a contento”.

O órgão ainda pede a prisão de 17 denunciados e diz que “as medidas cautelares diversas (do Art. 319 do CPP) se revelam insuficientes, dentro de um cenário de clara macrocriminalidade, para resguardar a (i) ordem pública, a (ii) instrução criminal e (iii) garantir a aplicação da Lei Penal”.

Da Redação 
Com Wscom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *