Justiça arquiva inquérito contra Ricardo Coutinho no ‘caso Bruno Ernesto’

Spread the love

Na decisão, a juíza Francilucy Rejane entendeu que não havia nenhuma ligação do ex-governador ao crime

A Justiça da Paraíba determinou, em decisão proferida em agosto, pelo arquivamento do inquérito que investigou o suposto envolvimento do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na morte de Bruno Ernesto.

Na decisão, a juíza Francilucy Rejane de Sousa Mota, do 2º Tribunal do Júri da Comarca de João Pessoa, entendeu que não havia nenhum fato que provasse a participação do ex-governador no crime.

“Não vislumbro, igualmente, qualquer elemento suficiente a embasar uma denúncia, razão pela qual acato o requerimento da parte, determinando, por conseguinte, com esteio nos artigos 18 e 28 do Código de Processo Penal, o arquivamento dos presentes autos”, diz a juíza em sua decisão.

Bruno Ernesto era ex-servidor da Prefeitura de João Pessoa, quando Ricardo era o prefeito da Capital, e foi morto no dia 7 de setembro de 2012. Ele teria sido assassinado por ter conhecimento sobre suposto esquema de corrupção ocorrido por meio do programa Jampa Digital, executado na gestão municipal de Ricardo. Inicialmente, o caso foi tratado pela polícia como latrocínio e seis pessoas foram sentenciadas.

Portalcorreio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *