Internautas pedem que show de Márcia Felipe na festa da Luz, em Guarabira, seja vetado. Cantora criticou canonização da Irmã Dulce

Spread the love

A festa é um evento católico tradicional no estado, em celebração à padroeira da Diocese de Guarabira, Nossa Senhora da Luz.

” Ajudar o próximo, sim! Mas não faz nenhum ser humano ser ‘santo’. Santo só o senhor Jesus Cristo. Não se deixem enganar (leiam a Bíblia). ‘E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará’. João 8:32″ . Esse foi o comentário da cantora Márcia Felipe, nas suas redes sociais, após a Igreja Católica canonizar a Irmã Dulce, neste Domingo(14), no Vaticano.

Santa Dulce dos Pobres, como era conhecida, e tinha suas origem na Bahia, foi reconhecida como santa pela igreja. Márcia foi rebatida por uma série de pessoas, após o comentário. Após o ocorrido, um grupo decidiu pedir o cancelamento do show dela na Tradicional Festa da Luz, que acontece de 29 de Janeiro a 1º de Fevereiro de 2020, em Guarabira, brejo do estado.

A festa é um evento católico tradicional no estado, em celebração à padroeira da Diocese de Guarabira, Nossa Senhora da Luz. “ATENÇÃO PREFEITURA DE GUARABIRA, ATENÇÃO Prefeito Marcus Diogo, A festa da Luz é do povo. Não queremos Márcia Felipe na festa da luz de Guarabira”, diz o post.

Segundo informações do Site do Jornal Diário do Nordeste, após a repercussão, a cantora fez uma live ao vivo no Instagram, se retratando e pedindo desculpas. “Eu peço aqui desculpa. Nâo falei sobre religião. Falei sobre o que a palavra nos diz. Muita coisa que a gente vê acontecendo no meio do mundo, ela é feita pelo homem. Assim, tem gente distorcendo que eu tenho intolerância a religião, em nenhum momento”, diz Márcia Felipe.

Fonte: Seligapb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *